Oxford: 5 mil brasileiros já receberam a vacina — e sem efeitos graves

2 de outubro de 2020 | _

Estudo chegou a ser suspenso há menos de um mês após sintomas adversos graves em voluntária no Reino Unido


Segue em ritmo acelerado os testes da chamada vacina de Oxford no Brasil. Até agora pelo menos 5.000 voluntários receberam doses do fármaco — ou medicamento placebo — e não apresentaram qualquer efeito adverso grave. De acordo com a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) os estudos avançam bem, sem intercorrências. O imunizante é desenvolvido pela farmacêutica Astazeneca em parceria com a Universidade de Oxford.