70 anos de televisão no Brasil: Boa noite! Está no ar a televisão do Brasil!

19 de setembro de 2020 | _
Uma menina de seis anos vestida de índio, um bispo abençoando equipamentos eletrônicos e 200 aparelhos de TV existentes em todo o território nacional. Foi assim que, há 70 anos, surgiu a televisão no Brasil.

No dia 18 de setembro de 1950, o empresário e jornalista Assis Chateaubriand colocava no ar a TV Tupi Difusora de São Paulo, no canal 3. Iniciava a história da televisão no País – e também ganhava o pioneirismo do meio de comunicação na América do Sul. A atriz mirim Sonia Maria Dorce, fantasiada de indígena – alusão à mascote da Tupi – dizia as primeiras palavras aos espectadores curiosos ao redor dos televisores mandados espalhar pela capital paulista por Chateaubriand:

– Boa noite! Está no ar a televisão do Brasil!

Em seguida, o primeiro programa da televisão nacional: TV na Taba. Sua escalação:

Na apresentação, Homero Silva.
Na declamação de poemas, a poetisa Rosalina Coelho Lisboa.
No balé, a bailarina Lia Marques.
Na comédia, Mazzaropi.
Na interpretação do Hino da Televisão Brasileira, Lolita Rodrigues, substituindo Hebe Camargo, que se recusou a cantar a composição.

Além da transmissão, houve uma cerimônia de inauguração, com discurso de Assis Chateaubriand e benção do bispo-auxiliar de São Paulo, Dom Paulo Rolim Loureiro. No dia seguinte, a estreia do primeiro telejornal do Brasil, Imagens do Dia.