Rússia pesquisava vacina contra covid-19 há 6 anos

13 de agosto de 2020 | _

Depois de surpreender o mundo com o rápido registro da primeira vacina contra a covid-19, a Rússia informou que tem trabalhado em seu desenvolvimento nos últimos seis anos, de acordo com a CNBC.

Mas não se assuste, isso não quer dizer que a Rússia previu há seis anos que o coronavírus ia surgir. O que os cientistas fizeram foi aproveitar estudos de outras vacinas e aplicar na de Covid-19.

De acordo com Kirill Dmitriev, CEO do Fundo de Investimento Direto da Rússia (RDIF), o desenvolvimento de uma vacina para o Ebola e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (Mers) ajudaram a criar uma vacina contra o novo coronavírus.

“Tivemos a sorte do novo coronavírus ser muito próximo do Mers. Tínhamos uma vacina praticamente pronta para uso no Mers, estudada por anos. Ela foi ligeiramente modificada para ser a vacina do coronavírus”, disse Dmitriev à CNBC.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirma que nenhuma vacina ou tratamento para Mers está disponível atualmente, mas que existem vários em desenvolvimento.

O chefe da RDIF disse também que a vacina poderia estar disponível em novembro.

“Nosso ponto para o mundo é que temos essa tecnologia, ela pode estar disponível em seu país em novembro ou dezembro… Pessoas muito céticas não terão essa vacina e desejamos boa sorte a elas no desenvolvimento deles ”, disse.

Exame