PF prende ex-ministro de Temer e atual secretário de Doria, Alexandre Baldy

6 de agosto de 2020 | _

(Foto: Will Shutter/Câmara dos Deputados)

O secretário de Transportes Metropolitanos do estado de São Paulo, Alexandre Baldy, foi preso nesta quinta (6) após desdobramentos da Operação Dardanários, que investiga irregularidades na contratação de serviços de saúde por governos estaduais desde 2017.

O mandado de prisão foi expedido pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal do Rio de Janeiro. Ao todo, policiais federais cumprem seis mandados de prisão e onze de busca e apreensão nas cidades de Petrópolis/RJ, São Paulo/SP, São José do Rio Preto/SP, Goiânia/GO e Brasília/DF.

Segundo as informações da Polícia Federal, a operação de hoje é um desdobramento das antigas Fatura Exposta, Calicute e SOS, também deflagradas pela PF em conjunto com o Ministério Público Federal (MPF). A Operação Calicute chegou a condenar o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (MDB) a 45 anos de prisão por corrupção passiva.

Baldy também já atuou como ministro das Cidades na gestão do ex-presidente Michel Temer entre 2017 e 2018, como deputado federal por Goiás (PP) e secretário de Indústria e Comércio de Goiás na gestão do governador Marconi Perillo de 2011 a 2013.