Governo recua em bloqueio de verbas do Meio Ambiente

29 de agosto de 2020 | _

O Ministério informou que foram liberados recursos do Ibama e do ICMBio, permitindo que as operações de combate ao desmatamento prossigam

O Ministério do Meio Ambiente informou na noite desta sexta-feira que foram liberados recursos do Ibama e do ICMBio, permitindo que as operações de combate ao desmatamento ilegal e às queimadas prossigam normalmente, após ter informado mais cedo que um bloqueio financeiro representaria a suspensão das ações.

Mais cedo, o ministério tinha dito também em nota que, a partir da zero hora da segunda-feira, operações de combate ao desmatamento ilegal e de queimadas na Amazônia e em demais regiões seriam paralisadas devido a restrições orçamentárias.

Segundo a pasta, a Secretaria de Orçamento Federal havia determinado o bloqueio de 20,9 milhões de reais em verbas do Ibama e outros 39,7 milhões de reais em recursos do ICMBio, mas o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, disse que o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, havia se precipitado ao anunciar a suspensão e que todas as operações continuariam.