Aladim, Rômulo e Edson em busca da unidade pra enfrentar Tulio Lemos

20 de agosto de 2020 | _

Desde o ano passado que simpatizantes da oposição macauense sonhavam em ter 1 só nome (forte) na disputa pela prefeitura contra o atual gestor, mas, com a aproximação das eleições foram aflorando no intimo de cada liderança a possibilidade de cada 1 deles se sair vitoriosos contra o prefeito Tulio Lemos como lema -- qualquer um ganha do prefeito. E encorajou qualquer 1 mesmo. 

Isso gerou um problema dentro da oposição a ponto de divergências políticas crescerem entre o então grupo que se dividiu em vários, beneficiando aquele que qualquer 1 ganharia dele.

São dezenas de candidatos dividindo o mesmo voto, o mesmo grupo liderados por diferentes líderes, 2 (principais).

Ontem, quarta (18) o pré-candidato Rodrigo Aladim deu 1 passo importante e articulou junto com outros 2 pré-candidatos uma conversa que poderá resultar em unidade entre eles.

A articulação envolveu além de Rodrigo pré-candidato do PSDB, o empresário Rômulo Paulista (PSL), o contador Edson Siqueira (PSC) ambos também pré-candidatos por suas agremiações. A conversa entre os postulantes ao cargo de prefeito, Aladim, Paulista e Siqueira não teve ainda seu desfecho. O blog soube que nesta quinta (20), haverá entre os 3 pré-candidatos mais 1 conversa em busca de entendimento.

O blog soube ainda que Paulista irá conversar com o presidente do PSL e em seguida sentará com Edson e Rodrigo.

A proposta de Rodrigo é que haja a integração, formando uma chapa única entre os 3 e que seja liderada com o nome de maior consistência para enfrentar o prefeito Tulio Lemos.