Macau, epidemia, eleições e o desencontro entre pré-candidatos à prefeito favorece Tulio que segue candidato

16 de julho de 2020 | _
As articulações políticas para a disputa à sucessão municipal em Macau, começaram a tomar contornos nos grupos da situação e da oposição no município. Os pré-candidatos iniciam suas manobras em busca de apoios que venham fortalecer a campanha eleitoral.

Muito conhecida por disputas eleitorais acirradas, a Cidade tem, por enquanto 7 pré-candidatos a Prefeito, mas alguns ainda aguardam o aquecimento das articulações políticas para definir as possíveis alianças. Ao que tudo indica, o município contará com três candidatos na disputa pelo maior cargo do Executivo.

No ano de eleições municipais, a pandemia fez surgir questionamentos quanto à realização das eleições cabendo ao Congresso Nacional decidir sobre o tema, a decisão sobre a prorrogação das eleições foram tomada em conjunto entre os presidentes dos poderes (Senado, Câmara e STF), adiando a data das eleições para o mês de novembro - 1º turno dia 15 e 2º turno dia 25.

Com o distanciamento em curso e se perdurar a epidemia até as eleições e, a oposição não entrar num entendimento, embora tenha a seu desfavor o desgaste político-administrativo, o prefeito Tulio Lemos, é sim, 1 nome forte a continuar no comando do município Tenho dito.