PF prende ativista bolsonarista que ameaçou ministro do STF

15 de junho de 2020 | _

Se não moralizar vira bordel. Já é hora de tratar a democracia como tal, não se pode se valer dela para ameaçar autoridades, principalmente quando se tenta desmoralizar uns e enaltecer outros, sendo que a maioria está se igualha. A ativista do movimento 300 do Brasil Sara Winter, bolsonarista  foi presa em Brasília pela Polícia Federal. O mandado de prisão foi autorizado pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal.

Ela ameaçou o ministro nas redes sociais, além de também ser investigada no inquérito das fake news.

Ela está entre os líderes do chamado movimento “Os 300 do Brasil“, grupo armado de extrema direita formado por apoiadores de Jair Bolsonaro, que acampavam em Brasília.

O acampamento, no entanto, foi desmontado na manhã do sábado (13) pelo governo do Distrito Federal. Winter pediu reação do presidente.