Operação da PF mira irregularidades na recuperação judicial de empresas

30 de junho de 2020 | _
A Policia Federal cumpre na manhã desta terça (17) mandados de busca e apreensão contra juízes, advogados e empresários, em Goiás. A operação, autorizada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), tem como alvo suspeitos de “negociação criminosa” em decisões no processo de recuperação judicial de uma grande empresa. 

Os mandados, autorizados pelo Ministério Publico Federal, são cumpridos em endereços públicos e privados dos investigados.  O ministro, Campbell Marques, relator do processo, determinou sigilo dos autos. Assim, os nomes dos alvos e da empresa não podem ser divulgados.

Cumpridos os mandados, o material coletado será periciado e submetido à  análise técnica do Ministério Público Federal  e da Polícia Federal.

Essa operação mudou apenas o alvo, e poderia ser feita em todo o país em casa de autoridades do judiciais, que vendem liminares e engavetam processos. Não surpreende mais essas ações que ocorre vez ou outra, igual a apreensão de CD's piratas em camelódromo, ou de batida em boca de fumo, só pra dar uma satisfação a sociedade, tudo cinema.