João Dória anuncia testes da vacina Coronavac no Brasil

11 de junho de 2020 | _
A vacina contra o novo coronavírus da Sinovac Biotech será testada junto com o Instituto Butantan 


A Coronavac é a nova esperança do Brasil para conter o avanço da pandemia do novo coronavírus. A vacina foi desenvolvida pela empresa chinesa Sinovac Biotech e será testada em 9.000 pessoas no Brasil por meio de uma parceria com o Instituto Butantan. A novidade foi informada hoje pelo governador do estado de São Paulo, João Doria, em uma coletiva de imprensa transmitida via internet.

A vacina foi criada com base no próprio vírus. Os pesquisadores da Sinovac Biotech criam uma cultura do vírus em laboratório, o deixam inativo e aplicam em pacientes. Com isso, a produção de anticorpos é estimulada pelo organismo humano, o que pode prevenir os sintomas graves da covid-19, que podem causar a morte. Com anticorpos específicos para a infecção, o organismo pode combater de forma mais eficiente o coronavírus, de modo a não causar grandes danos à saúde.

A Coronavac é uma entre as 130 que estão em testes no mundo. Os projetos mais promissores, o momento, são aqueles criados pela Sinovac, pela farmacêutica Moderna e pela Universidade de Oxford. O único que já está na fase 3 de testes é o da universidade britânica. A Moderna anunciou hoje a liberação para a terceira etapa, que começará em julho. E os testes que serão feitos no Brasil com a Coronavac também são da terceira fase.