Em interrogatório a PF, Weintraub não fala e dá seguimento a disputa entre Bolsonaro e STF

30 de maio de 2020 | _
Após as tensões ao redor do depoimento de Weintraub, em que STF e Governo se enfrentaram mais abertamente, o ministro da Educação acabou se encontrando com a PF, mas ficou calado, mantendo no ar que a disputa continua.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, prestou depoimento nesta sexta-feira, 29, para explicar declarações contra o Supremo Tribunal Federal feitas em uma reunião ministerial. "Botava esses vagabundos todos na cadeia, começando no STF", disse Weintraub.

Weintraub não seguiu a linha anterior de enfrentamento mais aberto de não dar depoimento, mas ao não falar, confirma o acirramento das tensões entre os poderes