Bolsonaro diz que ‘3ª vaga no STF’ pode ser de Augusto Aras

29 de maio de 2020 | _
Bolsonaro tem compromisso com a bancada evangélica de indicar 1 nome cristão para uma das vagas do STFe confirmou o compromisso na tarde de ontem, quinta (28) que pretende indicar 1 evangélico para uma das duas vagas que vão abrir no STF (Supremo Tribunal Federal) durante o seu mandato na Presidência.

Em entrevista à rádio Jovem Pan, Bolsonaro disse: “É 1 compromisso que eu tenho com a bancada evangélica. Uma pitada de religiosidade, de cristianismo, é muito bem-vinda”.

Mas, vão surgindo dentro da dinâmica da política razões e oportunidades que de fato mudam cenários e compromissos e o atual titular da PGR, entra no páreo depois de várias denuncias contra o presidente Bolsonaro, entretanto, durante entrevista, esclareceu que Augusto Aras, atual procurador-geral da República, não deve ser apontado para uma dessas duas vagas. Mas, 2º ele, “se aparecer uma 3ª vaga”, Aras entra “fortemente” no páreo para uma possível indicação.

Segundo o presidente, é necessário 1 ministro evangélico na Suprema Corte para que, mesmo que ele seja voto vencido nas decisões, mostre “aos demais ministros que existem 90% de cristãos no Brasil”.

O presidente transmitiu a conversa como parte de sua tradicional live semanal.