Alemanha aprova novo pacote anticoronavírus

14 de maio de 2020 | _
O Bundestag (Parlamento alemão) aprovou nesta quinta-feira (14/05) um segundo pacote de medidas para tentar conter a propagação do novo coronavírus na Alemanha. O objetivo principal é garantir o funcionamento do sistema de saúde em caso de pandemias e compensar custos financeiros.

Elas preveem que a quantidade de testes seja ampliada, especialmente em asilos de idosos e hospitais, e que as seguradoras de saúde obrigatoriamente sempre paguem por todos os testes.

Mesmo pessoas assintomáticas que suspeitem estar infectadas ou que tiveram contato com uma pessoa infectada poderão fazer um teste, que deverá ser pago pelas empresas seguradoras.

As seguradoras também serão obrigadas a pagar pelos exames para identificar anticorpos em pessoas que se curaram do novo coronavírus.

Os deputados também aprovaram um bônus de até 1.000 euros, livre de impostos, para os cuidadores de idosos. O valor será pago pelas seguradoras públicas de assistência, que receberão uma verba extra do governo para isso. Além disso, os estados e os empregadores são incentivados a elevar o valor em mais 500 euros. Alguns estados já comunicaram que vão participar.

A Alemanha também vai arcar com os custos de tratamento de UTI de pacientes com coronavírus vindos de outros países europeus, incluindo os da União Europeia e Reino Unido, desde que o paciente não possa ser tratado em seu país de origem devido à falta de leitos.

É outro mundo é ou não é