Saúde no nordeste entra em colapso entre 15 e 20 de maio diz governador

30 de abril de 2020 | _
O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), disse que o sistema de saúde dos estados do Nordeste está a cerca de 15 dias do colapso, previsto para ocorrer entre os dias 15 e 20 de maio. A declaração foi dada nesta quarta (29), durante reunião do diretório nacional do PT.

Segundo o governante, o número de casos identificados dobra a cada cinco dias, com aumento exponencial também das mortes. Dias falou ainda em efeito dominó para a saturação dos hospitais – ele relata já estar recebendo doentes do Ceará e de Pernambuco, que já vivem uma emergência.

Outro assunto comentado por ele e pelo governador baiano Rui Costa (PT) – que também participou da reunião – foi a crise financeira dos estados sem a ajuda federal. Dias foi categórico: “Eu aguento até 15 de maio. A partir daí, é colapso”.

Já no Maranhão, o governador Flávio Dino se empenha em ampliar a estrutura do sistema público de saúde. “Quando começou a crise do coronavírus, o @GovernoMA montou 252 leitos exclusivos (UTI e clínicos) para a doença. Hoje são 735 leitos exclusivos. E seguimos ampliando”, registrou Dino, no Twitter.

No RN a governadora Fátima Bezerra não conseguiu nem mesmo construir 1 hospital de campanha.