Macau: vigilância sanitária coordena produção de álcool 70

4 de abril de 2020 | _
A Vigilância Sanitária de Macau coordenou, junto com os técnicos do IFRN na cidade, a transformação do álcool doado por uma usina de fabricação de etanol para álcool 70%, o mais indicado na higienização no combate ao novo coronavírus. A cidade de Macau recebeu 100 litros do produto à 93% de concentração e transformou em 130 litros de álcool 70%.
“Com a falta de insumos no mercado precisamos ter criatividade para atender a população. Essa doação vai ajudar muito no nosso trabalho”, explicou a secretária municipal de saúde Sâmea Morias.
O álcool etanol foi doado pela usina Ceará Mirim Agro Industrial a todo o Rio Grande do Norte através de uma articulação do prefeito de Macau, Túlio Lemos, e do Conselho Regional de Farmácia. A empresa doou um total de 10 mil litros. A maior parte do produto está sendo transformado em álcool 70% no laboratório do departamento de farmácia da Universidade Federal do RN, em Natal. Mas a capacidade profissional da Vigilância Sanitária de Macau, junto com a disponibilidade do IFRN em colaborar com a transformação, possibilitou a agilidade da chegada do álcool nas mãos da equipe da secretaria municipal de Saúde.