Pib do governo Bolsonaro é de apenas 1,1% comparado com o ano anterior

4 de março de 2020 | _
Em 2019, primeiro ano sob o governo Jair Bolsonaro, o PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil registrou alta de apenas 1,1% em comparado ao ano anterior. É o pior desempenho da economia brasileira nos últimos 3  anos – e um fiasco que põe ainda mais em xeque a cartilha ultraliberal de Paulo Guedes, ministro da Economia. O “pibinho” de Bolsonaro/Guedes foi inferior até mesmo aos últimos resultados (já modestos) do governo Michel Temer. Tanto em 2017 quanto em 2018, a alta do PIB foi de 1,3%.

Os dados relativos a 2019, divulgados nesta quarta-feira (4) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), confirmam um cenário de semiestagnação econômica. Desde 2013, no primeiro governo Dilma, o PIB brasileiro não cresce ao menos 3%.

Em valores correntes, chegou a R$ 7,3 trilhões. O PIB representa, em valores monetários, todos os bens e serviços finais produzidos no país em determinado período. Serve para medir a atividade econômica e riqueza de uma região.