Macau: Partido e políticos se mobilizam para formar nominata

15 de março de 2020 | _
Políticos de mandatos após a abertura da janela partidária e aproximação do prazo final os movimentos com vistas nas mudanças de partidos por parte dos vereadores começam a se definir e assim como, em todo o país, em Macau não tem sido diferente. Pela oposição sai na frente o partido do vice-prefeito Rodrigo Aladim PSDB, que não elegeu nenhum vereador nas ultimas eleições, larga agora com a possibilidade de começar a campanha com pelo menos 5 entre os 13 edis em seu partido.

O acordão entre a bancada oposicionista - exceto os vereadores Gia e Pintinho, os demais tem como destino certo o tucanado da lampada.

O vereador Ítalo Mendonça, já definiu se declarando ser o mais novo tucano na cidade. Ao blog o edil disse "foi a partir de uma conversa que vemos que hoje está se tornando um grupo político forte pra dar um rumo bom a Macau" disse o vereador.

Em programa de rádio da cidade outro edil, o vereador Kekel também disse que está de malas prontas para desembarcar no PSDB. Não conseguimos o contato com o vereador, mas chega a informação ao blog de que o nobre vereador aguarda por uma decisão do grupo político liderado pelo ex-prefeito Zé Antonio. Pelo que informaram, caso o ex-prefeito seja candidato, Kekel caminhará ao lado de Zé.

Já o vereador Wilde, outro edil que estaria indo se agrupar junto do tucanado de Rodrigo Aladim, ainda aguarda entendimento entre os amigos correligionários que juntos 2º o vereador tomarão a decisão que definirá o melhor caminho para manutenção do mandato.

Outra que se espera a desembarcar no novo grupo é a vereadora Dyanna Lyra, presidente da câmara, está articula sua candidatura como vice-prefeita, podendo até se filiar ao PSC, hoje sob comando do ex-prefeito Flávio Veras e que começa a formar sua nominata a partir dos ex-vereadores que por muito tempo lhe deram sustentação, como Eli Montador, Gerusa, Magali e Joad e outros.

Por último o vereador Marcos Cabral, eleito no PSD do prefeito Tulio Lemos, assim como Dyanna, Marcos topou ir parao PSDB, mas suas convicções ideológicas torna-se barreiras contra alguns futuros companheiros que teriam seu possível retorno as atividades políticas de fato no município.

Quanto ao 2 edis, Gia e Pintinho (para quem não é de Macau, o assunto ainda é política e não sobre fauna), já que temos Teteo, Papagaio, Galinha Caboré no meio político, bom estes 1 ficará no ninho PTista e o 2º procura lugar aonde se alojar nesta tempestade da nova legislação sem coligação proporcionais.

De fato é que tem muitos estão de olho na decisão do médico e ex-prefeito Zé Antonio que pelo tempo não se deixará demorar mais.

Pelo outro lado,o do governo o prefeito Tulio Lemos, já começou a discutir sobre a arrumação de sua nominata, a partir dos 6 vereadores que devem compor seu partido. E ainda formar a 2ª nominata com postulantes ao cargo sem que tenham ainda mandato. De tudo que está ai, o certo é que ainda não há nada definido, como costumamos dizer, tudo pode acontecer, inclusive nada do que está posto.