Macau: Rei e Rainha do Carnaval

21 de fevereiro de 2020 | _
Jojô de Macau e Bianca Teixeira vão representar o carnaval da cidade durante os dias de festa

Os personagens principais do carnaval de Macau já foram escolhidos através do voto dos internautas. Ao todo, dois homens e três mulheres disputaram os maiores postos da folia de momo. A votação aconteceu através do site oficial do Carnaval de Macau.  Eles serão apresentados oficialmente nesta sexta (21), quando acontecerá o arrastão do campeão do torneio de futebol de salão dos blocos de carnaval.

Bianca Teixeira, 22 anos e Joânderson Silva - conhecido como Jojô de Macau, 30 anos, foram os mais votados e vão representar o carnaval da cidade durante os dias de festa. O reinado tem duração de um ano, quando a nova corte será conhecida pelos macauenses. Além da coroa, a rainha do carnaval leva a quantia de R$ 1.500 e o rei o valor de R$ 1 mil reais. 

Concorreram a coroa de rainha, Bianca Teixeira, de 22 anos, que se sagrou campeã, e Shauanna Camilly, de 17 anos e Wendila Naiely Bontar da mesma idade. Já para Rei Momo, disputam Joânderson Silva, de 30 anos e Luís André, de 35 anos. Os candidatos representam blocos que sairão as ruas de Macau durante os dias de folia.

Apesar do fim da votação, o site www.carnavaldemacau.com.br ficará no ar com todas as informações sobre a festa.

Conheça o Rei e a Rainha do Carnaval de Macau 2020

Bianca Teixeira, 22 anos, é natural de Natal. A Rainha do Carnaval de Macau 2020 já mantém a tradição de passar o período carnavalesco há 10 anos na cidade. Ela já representou a cidade em outro momento, quando foi miss, em 2019. Esse ano, Bianca vai sair no bloco Araruta e na Escola de Samba Roda Moinho.

Além das passarelas, Bianca dedica seu tempo também atuando em um projeto social para crianças na cidade. Amante do carnaval, não se ver fora da festa. "Nossa, sou apaixonada por carnaval, é uma energia muito maravilhosa, me transmite alegria", declarou ela.

Jôjô de Macau, como o próprio nome já diz traz a essência do macauense apaixonado pelo Carnaval. Aos 30 anos, é formado e trabalha como professor. O representante do bloco Torô Torô não perde uma festa e o carnaval é o ápice. "Gosto de carnaval porque gosto da folia, principalmente na minha cidade".