DETRAN: desperdício e ingerência em 1 dos maiores arrecadadores do RN

10 de janeiro de 2020 | _
Em dezembro passado o blog noticiou que servidores do DETRAN reclamaram que estavam impedidos de terem atendimento médico, pois seus planos de saúde encontravam-se bloqueados por falta de pagamento do órgão a Hapvida (já regularizado). Esta semana chega ao blog informações de que o DETRAN se encontra um furdunço total.

Um dos maiores arrecadadores desse Estado vive seus dias de desmantelos administrativos.  Um exemplo é o setor administrativo coordenado por 1 indicado do secretário Chefe da Casa Civil, Raimundo Alves, padrinho político do Wellington conhecido militante PTista, atual coordenador administrativo

A falta de material de limpeza tem sido 1 problema no órgão detentor de uma das maiores receitas do Estado, onde servidores já fazem cotas entre si para aquisição do material de forma que amenize a sujeira e fedentina nas suas salas onde trabalham.

Outro caso que tem chamado a atenção é a falta d’água no prédio sede do órgão, todo mês pelo menos chega a fica mais de uma semana sem água e muitas das vezes é abastecido por 1 caminhão pipa.

Um outro problema e não menos importante, é o fato de que 1 veículo do órgão tenha que se deslocar para cidades com mais de 200 KM como é o caso de Parelhas, Currais Novos por exemplo, apenas para deixar em cada uma delas 10 garrafões de água. Isto várias vezes por semana, além de outras cidades.

Isso sem falar nas longas filas e um período do dia perdido em tentar muitas vezes sem sucesso resolver sobre um simples documento de seu veículo, renovar habilitação ou ainda fazer vistoria. É assim a vida de quem precisa dos serviços do órgão que para este anos de 2020 poderá bater mais 1 recorde em arrecadação, cerca de R$ 168 milhões.