Prefeito Adriano assina Protocolo de Intenções para criação de Consórcio Intermunicipal do SIM

1 de novembro de 2019 | _
O debate em torno da criação de um Consórcio Intermunicipal para implantação do Serviço de Inspeção Municipal-SIM pautou uma reunião de trabalho, intermediada pelo Prefeito de Guamaré, Adriano Diógenes, na manhã desta quarta-feira, 30, com a presença da prefeita de Jandaíra, Marina Dias Marinho e de representantes dos municípios de Galinhos, Pedro Avelino e Macau.

“A união desses municípios vai tornar a economia da região mais forte e solidária, com uma redução significativa de custos para as prefeituras. Isso acontece em um momento que temos que ousar e buscar alternativas para enfrentar a crise econômica”, justificou o prefeito Adriano Diógenes, lembrando que somente nos últimos dez meses, Guamaré perdeu R$ 28 milhões em receitas, quando comparada a arrecadação do mesmo período no ano anterior.   

Para o técnico da FETARN, Joseraldo do Vale, que acompanha o projeto, a iniciativa do Consórcio Intermunicipal visa também a geração de emprego e renda para esses municípios, com a compra direta da produção local e a cooperação técnica. Um Protoco de Intenções com a minuta preparada pelo Sebrae RN foi assinado pelos prefeitos Adriano Diógenes e Marina Dias, durante o evento, que ocorreu na Câmara Municipal.

Gestora de políticas públicas do Sebrae RN, Cátia Lopes elogiou a iniciativa do prefeito Adriano Diógenes e a disponibilidade dos municípios circunvizinhos em compactuar com a ideia. Representante do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento-MAPA, Sônia Azevedo Nunes apresentou o Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI-POA).

O Prefeito Adriano Diógenes estabeleceu um prazo de 45 dias, a partir dessa primeira reunião de trabalho para implantação do consórcio. Participaram do evento, representante do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento-MAPA, Sônia Azevedo Nunes, os vereadores de Guamaré, Carlos Câmara e Lisete Negreiros, além do vereador de Macau, Ítalo Mendonça e ainda, representantes de assentamentos, secretários de agricultura dos municípios, técnicos FETARN e presidentes de sindicatos de trabalhadores rurais.