PT que apoia reajuste para procuradores é também contra aumento para demais servidores

6 de novembro de 2019 | _
Quem pensou que a partir da eleição da professora Fátima Bezerra eleita governadora do Estado, os servidores públicos estaduais teriam vida "mamão com açúcar" errou, a PTistas defensora ferrenha dos direitos do proletariado e servidor público, agora de posse da "caneta  azul", eis que a professora muda de lado e a trupe PTista da assembleia leia-se (Isolda e Francisco), na contramão de seus discursos, são agora defensores da classe dominante, pois se negam a votar do lado dos servidores mesmo tempo que defendem 16,38% de reajuste salarial para procuradores. Este é o retrato do governo da professora Bezerra.

Os deputados governistas que se ausentaram – de fato fugiram para não se posicionarem, foram Isolda Dantas, Eudiane Macedo Dr. Bernardo e Albert Dicson.

O deputado Nelter é autor da emenda que benefício todos os servidores públicos estaduais, incluindo ativos, inativos, pensionistas e da administração direta e indireta.

A atitude do governo e dos deputados contrários a emenda, principalmente os PTistas fazem de seus discursos no passado uma fraude.