Governadores do Nordeste repudiam ameaças de retorno ao autoritarismo

1 de novembro de 2019 | _
Os governadores nordestinos reagiram à declaração do deputado Eduardo Bolsonaro, defendeu a volta do AI-5 para conter manifestações

O deputado de extrema direita, Eduardo Bolsonaro, filho do presidente da República provocou uma reação de diversos segmentos, entidades, partidos políticos e lideranças políticas e sociais. Os governadores do Nordeste também se manifestaram em repúdio à ameaça autoritária e defenderam a democracia.

Leia a nota:

“Os governadores do Nordeste repudiam ameaças autoritárias, a exemplo da absurda sugestão de edição de um novo AI-5. Defender a democracia é fundamental para que haja paz e prosperidade no Brasil. Ditadura nunca mais.“.

 Rui Costa, Bahia
Renan Filho, Alagoas
Camilo Santana, Ceará
Flávio Dino, Maranhão
João Azevedo, Paraíba
Wellington Dias, Piauí
Fátima Bezerra, Rio Grande do Norte
Belivaldo Chagas, Sergipe
Paulo Câmara, Pernambuco