Bolsonaro se antecipa a justiça e pega gravação do condomínio

2 de novembro de 2019 | _
A expressão o peixe morre pela boca, serve muito bem ao presidente Jair Bolsonaro, ele com a sua língua nervosa deixou escapar que pegou a gravação das ligações da portaria do condomínio Vivendas da Barra, no Rio de Janeiro, onde ele tem casa.

O "mito" deixou escapar essa e disse que era evitar adulteração no conteúdo.

E agora?

Pode o presidente se antecipar a justiça, ou isso é obstrução ao trabalho da polícia?

A frase do presidente pode até pode se voltar contra o próprio.

É só uma observação.