Macau: em tempos de retrocesso

10 de outubro de 2019 | _
A educação como os demais setores públicos oferecidos a população macauense vai de mau a pior. Um exemplo disso é a imagem que ilustra este post. Quando os gestores em palestras ou reuniões usam 1 discursos 'meloso" que vai transformar isso, fazer aquilo, desconfie, pois é discurso de caráter claramente utópico de políticas educacionais irresponsável e fracassada.

Onde se deveria se evoluir acontece o contrário. O governo gerido pelo prefeito Tulio Lemos é uma piada, 1 tremendo picadeiro é esse governo.

Isso se deve, não apenas em grande parte, ao fato de não terem sido associadas a uma política social de longo alcance e não estarem alicerçadas em uma clara consciência dos obstáculos econômicos, políticos e culturais que precisam ser enfrentados para a construção de um sistema educacional abrangente e de boa qualidade. Mas a incompetência pura de 1 governo fadado ao fracasso.

A cena retratada ocorre no distrito de Sertãozinho. O estudante se desloca para Diogo Lopes onde estuda e na falta do transporte escolar se vale do velho e utilizado Jerico, pois os asnos da administração pública não consegue fazer o básico.