Delação de Palocci: ex-ministro fala de propina para Lula

4 de outubro de 2019 | _

A delação premiada do ex-ministro petista Antonio Palocci tem 86 páginas e 39 anexos. O documento foi assinado pela Polícia Federal e homologado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Edson Fachin.

Eis o documento completo, publicado na íntegra nesta sexta (4) pelo blog do jornalista Fausto Macedo, do Estado de S. Paulo (AQUI)

Blog: Para nós delator é pra ter pena dobrada. O canalha se beneficia das tramoias é pego com com a boca na botija e depois pra se livrar vai entregar os amigos.