Crise no PSL se agrava; deputados se unem para derrubar líder

16 de outubro de 2019 | _
Após o deputado Delegado Waldir, líder do PSL na Câmara, se unir à oposição para tentar obstruir a medida provisória que trata sobre a reformulação da estrutura do Poder Executivo e mexe com pontos sensíveis como o antigo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), deputados bolsonaristas iniciaram um movimento para destituir o parlamentar da função.

O movimento foi comandado pela deputada Bia Kicis (PSL-DF) e pelo deputado Filipe Barros (PSL-GO) que coletavam assinatura da bancada para tirar Waldir do cargo. O líder tem papel fundamental na estrutura da Câmara. .

As disputas no interior do PSL vieram se aprofundando desde que o governo Bolsonaro teve início. Com vazamento de conversas de Whatsapp e troca de farpas nas redes sociais, a crise se agudizou quando Bolsonaro foi flagrado em vídeo orientando apoiador a "esquecer" o partido

Essa tentativa de derrubar Waldir é mais um capítulo da crise interna do PSL que foi agravada nesta terça-feira após a Polícia Federal deflagrar uma operação contra Bivar (PE).