PSB julga parlamentares que votaram sim à Reforma da Previdência

30 de agosto de 2019 | _
Odeputado federal Felipe Carreras mais os nove parlamentares do PSB que votaram a favor da reforma da Previdência, no primeiro e no segundo turnos, serão julgados pelo diretório nacional do partido, a partir desta sexta (30), em Brasília. No encontro, os participantes também vão tratar da autorreforma do partido, marcada para novembro - que pretende atualizar o Manifesto de 1947 e o programa partidário. Apesar de existir a possibilidade de expulsão por infidelidade partidária, Carreras recebeu o apoio de lideranças e correligionários, que defendem penas mais brandas. A tendência é que a penalidade seja mais "leve".

Os integrantes, titulares e suplentes do colegiado foram convocados pelo presidente nacional da sigla, Carlos Siqueira, para o encontro, que acontece hoje e amanhã, às 8h30, no Salão Vermelho B do Hotel Nacional.

Nesta sexta, a reunião começa com a votação de resoluções e prossegue com o tema da conferência nacional sobre a autorreforma. De acordo com a assessoria de imprensa da sigla, em um vídeo que será exibido durante a reunião, Carlos Siqueira vai abordar a crise do sistema político-partidário e os propósitos do processo de autorreforma.

Por fim, serão apreciados os dez processos abertos na Comissão de Ética. Cada deputado terá oportunidade de defesa oral. Pela primeira vez, o partido transmitirá a reunião do colegiado ao vivo pela TV40, pelo Facebook e Youtube. O resultado do julgamento pode sair hj ainda, dps da discussão da autorreforma.