PCdoB: defesa da democracia como eixo de unidade contra Bolsonaro

19 de agosto de 2019 | _
Reunido entre os dias 16 e 18 de agosto, o Comitê Central do PCdoB debateu sobre a situação política do país e aprovou resolução política neste domingo (18) em que aponta como estratégia central dos comunistas: o fortalecimento e a ampliação da oposição ao governo Bolsonaro e a defesa da democracia como eixo de unidade.

O documento aprovado pela direção nacional faz um balanço dos primeiros oito meses do governo federal, aborda a ameaça do presidente da república ao regime democrático e do afronte do governo frente à “legalidade constitucional”, impondo um “regresso civilizacional”.

Diante deste quadro, a resolução apresenta a tática dos comunistas na correlação de forças e a tarefa central dos comunistas neste período. Para o PCdoB, deve-se explorar as “contradições no campo do governo” diante da conduta política de Bolsonaro “essencialmente desagregadora”.

Segundo a nota política, a defesa da democracia amplia a oposição e isola Bolsonaro. E para tanto, é necessário que o PCdoB esteja na linha de frente desta resistência ao governo.