Governo cria conta única e causa insatisfação a parlamentares

13 de julho de 2019 | _
As coisas entre o governo do Estado e a Assembleia Legislativa, não estão lá essas coisas que aparentam (união), parece mais que 1 vai na contramão do outro. Depois da negativa do poder legislativo quando a devolverem as sobras orçamentárias ao Governo do Estado, a governador Fátima Bezerra cria a Conta Única do Governo.

A medida deixou parlamentares insatisfeitos.

No plenário a discussão entre eles já fez parte da ultima sessão. Isolda e Kelps estrelaram a cena. Quem está certo Kelps ou Isolda, ambos divergem firmemente defendendo seus interesses.

“Estamos falando de sobras. As ações programadas pelas autarquias deverão ser realizadas normalmente (sem interferências do Governo). O montante só será usado pelo Executivo se, ao final, houver sobras no orçamento”, Isolda.

“A governadora não tomou atitudes para recuperar o Estado, essas medidas são paliativas já que não existe dinheiro novo. Esses recursos têm destinos específicos, não irão resolver o problema. Do meu ponto de vista, essa medida tende a afundar ainda mais o Rio Grande do Norte”, criticou Kelps.