Glenn Greenwald não teme investigação e promete mais revelações contra Moro

12 de julho de 2019 | _
Em audiência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), o jornalista Glenn Greenwald, do site The Intercept Brasil, classificou nesta quinta (11) como atentado à liberdade de imprensa as notícias de que o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, estaria, por meio da Polícia Federal, investigando a sua vida e de outros profissionais do site. Greenwald disse que não tem medo e que continuará publicando novos vazamentos.

O jornalista contou que recebeu as informações de uma fonte que não quer ser revelada e ressaltou que a Constituição Federal e o Código de Ética dos Jornalistas garantem o sigil

Em conversa com estudantes, em Brasília, o jornalista falou sobre o farto material da "Vaza Jato" que ainda será divulgado e mostrou que não se intimida com ameaças de bolsonaristas.

Glenn disse ainda que o áudio com Dallangnol foi só o 1º.