ANP estuda venda fracionada de gás de cozinha e botijão sem marca

24 de julho de 2019 | _
O governo federal estuda permitir a venda de botijão de gás de cozinha parcialmente cheio ou de forma fracionada. As medidas, de acordo com o presidente da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), Décio Oddone, fazem parte de 1 pacote de ações em análise para baratear o gás de cozinha.

Pelo modelo em estudo, que já é usado em outros países, os consumidores poderiam levar os botijões até pontos de enchimento e determinar a quantidade do produto que comprariam. O modelo é semelhante, por exemplo, ao abastecimento de carros com gasolina ou etanol.