Presidente da Câmara chama governo Bolsonaro de ‘usina de crises’

14 de junho de 2019 | _
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta sexta (14) em entrevista à Globo News, em São Paulo, que o governo de Jair Bolsonaro é uma “usina de crises”. “Essa usina de crises que é o governo [nós] vamos deixar para lá, vamos bloquear, vamos criar uma blindagem”, disse. “A crise vai bater e vai voltar.”

Maia se referiu as palavras do ministro da economia Paulo Guedes, quando ele disse hoje que os deputados ‘abortaram reforma’

A nova crise se instalou no Plano Piloto de Brasília. Agora tocou personagens que vinham de carícias políticas e de harmonia em uma agenda de privatizações e ataque aos direitos trabalhistas. A crise agora opõe os pesos pesados dos interesses patronais Paulo Guedes e Rodrigo Maia.