Jean-Paul Prates critica venda de gasodutos da Petrobras

25 de junho de 2019 | _
O senador Jean-Paul Prates (PT-RN) criticou a venda de gasodutos da Petrobras. Para o congressista, “é criminoso” que os gestores da estatal justifiquem a oferta dos ativos pelo endividamento da empresa, que alcançou R$ 372,2 bilhões no 1º trimestre de 2019.

O discurso foi feito durante audiência pública na Comissão de Serviços de Desenvolvimento Regional e Turismo na 4ª feira (19.jun.2019). Os senadores discutiram a venda da TAG (Transportadora Associada de Gás).

De acordo com Jean-Paul, é “normal” que petroleiras se endividem quando encontram grandes reservas de óleo e gás. Isso porque usam as reservas como garantia para financiar investimentos no setor de exploração e produção.

Prates afirmou “não entender” a Petrobras vender dutos apenas para fazer caixa e defendeu que, caso esse seja o motivo para o desinvestimento, os gestores da empresas sejam responsabilizados.