Investigado é suspeito de invadir computador de delegado da Lava Jato

24 de junho de 2019 | _
Na Crusoé, Fabio Serapião noticia que investigado pela Operação Chabu, em Santa Catarina, é suspeito de invadir o computador de delegado da Lava Jato:

“O grupo criminoso formado por delegados federais, policiais rodoviários e empresários que foi alvo da Operação Chabu, deflagrada na última terça-feira em Santa Catarina, comercializava serviços de “inteligência cibernética”. As informações estão no pedido de prisão do delegado Fernando Caieron, apontado como um dos líderes do grupo, e de outras seis pessoas, entre elas o prefeito de Florianópolis Gean Loureiro (sem partido).

“Os elementos probatórios, indicam que os referidos sujeitos da investigação estabeleceram sociedade informal para venda de serviços e produtos de inteligência cibernética ainda não delimitado”, afirma o delegado Daniel Carvalho Nascimento no pedido de prisão da Chabu.”

O ANTAGONISTA