Prefeito Paulinho convoca “Tropa de Choque” para levar projeto à votação

6 de maio de 2019 | _
(Foto: Rafael Melo  -  2018)
Depois de uma semana conturbada o cenário político em São Gonçalo do Amarante inicia esta segunda (6), com expectativas de como o prefeito Paulinho irá se comportar diante da celeuma criada pela Câmara em relação ao projeto do executivo que ajusta salários reduzindo em 22% os vencimentos  do prefeito, vice e do primeiro escalão.

Fontes tem confidenciado ao blog, que caso o projeto do executivo que vem sendo rejeitado pelo presidente da casa, não seja aprovado, o prefeito terá dificuldades para cumprir pagamento de maio. Segundo as informações que chegaram, Paulinho já ordenou a suspensão dos vencimentos do prefeito, do vice e dos secretários municipais.

Com a base dividida o prefeito não  consegue que o projeto chegue ao plenário do legislativo e vá a votação.

O executivo precisa da aprovação pois a redução salarial que já existia, estava sendo mantida através de decreto, vencido no último (30 de abril).

A celeuma já vem se arrastando apor 3 semanas dentro da câmara municipal.

Na última seção o presidente da casa, vereador Edson Valban (PV) através do voto monocrático retirou de pauta o projeto que conta com 12 assinaturas, pondo ainda mais fogo nos ânimos dos colegas.

Edson que é da “base governista”, mas tem pretensões políticas majoritária, alega inconstitucionalidade ao projeto.

O prefeito Paulinho convocou a "tropa de choque" para combater a atitude do presidente da casa, e vai contra atacar com recurso caso Edson Valban não envie para votação o projeto.