“Pare, chega, peça ao entorno para parar de criticar”, Rodrigo Maia a Bolsonaro

27 de março de 2019 | _
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, fez 1 apelo ao presidente Jair Bolsonaro: “Pare, chega, peça ao entorno para parar de criticar”.

A declaração foi dada a jornalistas nessa quarta (27.mar.2019). As informações são do portal G1.

Na tarde desta 4ª, durante entrevista ao programa Brasil Urgente, da TV Band, Bolsonaro disse que Maia estava “abalado” pessoalmente. Horas depois, o presidente da Câmara afirmou que o governo ainda não começou e que o presidente Jair Bolsonaro está “brincando de presidir” o Brasil.

“Abalados estão os brasileiros, que estão esperando desde 1º de janeiro que o governo comece a funcionar. São 12 milhões de desempregados, 15 milhões de brasileiros vivendo abaixo da linha de pobreza, capacidade de investimento do Estado brasileiro diminuindo, 60.000 homicídios e o presidente brincando de presidir o Brasil”, disse Maia.

A declaração foi dada no plenário da Câmara após Maia ser questionado sobre uma entrevista de Bolsonaro à TV Band na qual o presidente disse que o deputado está “abalado” por motivos pessoais.

Bolsonaro voltou a criticar Maia: “Não é palavra de uma pessoa que conduz uma casa. Brincar? Se alguém quiser que eu faça o que os presidentes anteriores fizeram eu não vou fazer.”

O presidente falou a jornalistas na saída de evento na Unibes (União Brasileiro-Israelita do Bem Estar Social), em São Paulo, onde Bolsonaro esteve com o governador do Estado, João Doria (PSDB)