Militares querem a cabeça do Ministro do Turismo Marcelo Álvaro Antônio

9 de março de 2019 | _
São fortes os indícios de que o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, está envolvido diretamente no caso das candidaturas laranjas do PSL.

A manutenção do Marcelo Álvaro à frente da pasta está provocando um racha no Planalto.


De um lado, o presidente, que resiste a afastá-lo, e, de outro, os militares que não aprovavam o nome de Álvaro Antônio para o cargo.

De acordo com a “Veja”, “o pente-fino dos militares identificou que o ministro poderia dar dor de cabeça para o presidente antes mesmo de ele ser nomeado, mas a escolha atendeu a apelo do PSL, partida do presidente.

Segundo a reportagem, “interlocutores diretos do presidente se preocupam com um desgaste prolongado com o surgimento de mais denúncias contra o ministro”.

Questionado se a manutenção de Marcelo Álvaro está causando constrangimento ao governo, Bolsonaro respondeu:  “Deixa as investigações continuarem”.