Senador Renan Calheiros renuncia e se retira do plenário

2 de fevereiro de 2019 | _

Renan Calheiros acaba de retirar sua candidatura a presidente do Senado, depois de uma votação tumultuada e abandona plenário. Na contagem de votos na 1ª eleição haviam 82 cédulas, sendo que só há 81 senadores.

Renan Calheiros chamou seu oponente, Davi Alcolumbre, de “golias”.

Disse que não renunciará a seu mandato e vai usá-lo na defesa da democracia.

“Não sou Jean Wyllys”, disse ele.