Operação Fantoche: PF prende presidente da CNI

19 de fevereiro de 2019 | _
O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Andrade, foi preso na manhã desta terça (19) como parte da Operação Fantoche, que investiga um esquema de corrupção envolvendo um grupo de empresas que vem executando contratos, desde 2002, por meio de convênios com o Ministério do Turismo e entidades do Sistema S. As informações são da Globo News.

De acordo com a PF, a organização era voltada para a prática de crimes contra a administração pública, fraudes licitatórias, associação criminosa e lavagem de ativos. Estima-se que o grupo já tenha recebido mais de R$ 400 milhões.