Justiça pede bloqueio de R$ 11,5 MI de Aécio Neves

23 de fevereiro de 2019 | _
A Justiça de Minas Gerais bloqueia de R$ 11,5 milhões em bens do atual deputado e ex-governador Aécio Neves (PSDB) por suspeita de uso, sem comprovação de interesse público, de aeronaves oficiais do estado para 1.337 voos às cidades do Rio de Janeiro, Cláudio (MG) e outros municípios.

A decisão liminar é do juiz Rogério Santos Araújo Abreu, da 5ª Vara da Fazenda Pública de Belo Horizonte. Nela, o magistrado também aceita a ação civil pública do Ministério Público e transforma o ex-governador em réu.