Eleito presidente do senado, David Alcollumbre será uma espécie de preposto do executivo na Casa

2 de fevereiro de 2019 | _
A direita, já de posse do Poder Executivo e com forte ascendência no Poder Judiciário, obteve uma importante vitória ao eleger David Alcolumbre (DEM-AP) presidente do Senado. O governo Bolsonaro, a partir do gabinete do ministro da Casa Civil Onyx Lorenzoni, montou uma verdadeira operação de guerra para operar forte ingerência na disputa pela presidência do Senado. Como se sabe, no dia 1º de fevereiro houve uma manobra no sentido de impor o voto aberto, claramente antirregimental e anticonstitucional, revertida por decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli.

O senador Davi Alcollumbre de 41 anos, foi eleito presidente do Senado neste sábado (2).

Alcollumbre recebeu 42 votos e comandará a Casa pelos próximos 2 anos. Ele foi vereador da capital do Amapá de 2001 a 2003. Em 2002, foi eleito deputado federal pelo Estado, sendo reeleito em 2006 e 2010.

Foi eleito ao Senado em 2014 e, no ano passado, concorreu ao governo do Amapá.