Brasil não consegue entregar doações e recua na fronteira com Venezuela

25 de fevereiro de 2019 | _
Os 2 caminhões com ajuda humanitária do Brasil que chegaram à fronteira com a Venezuela na manhã de sábado (23) recuaram para o lado brasileiro da fronteira.

De acordo com nota divulgada pela Presidência da República (leia íntegra), “em função da impossibilidade de prosseguir em território venezuelano, como planejado, as viaturas retraíram para a região de Pacaraima-RR, estando neste momento em segurança e estacionadas no Pelotão Especial de Fronteira ali desdobrado”.

O governo também informa que planeja novas tentativas para entregar a ajuda humanitária “à medida que os meios de transportes estejam disponíveis e a situação diplomática e de segurança esclarecidas“.

Antes disso o presidente autodeclarado Juan Guaidó chegou a comemorar a chega dos veículos ao território venezuelano.

Nesta segunda (25), o vice-presidente Hamilton Mourão e o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, participarão em Bogotá, na Colômbia, de reunião do Grupo de Lima, conjunto de países que se opõem a Maduro e tentam discutir uma solução para a crise na Venezuela.