Sobe para 65 o nº de mortes em Brumadinho

29 de janeiro de 2019 | _
A Defesa Civil anunciou nesta terça (29) que contabiliza 288 desaparecidos por conta do rompimento da barragem do Córrego da Mina do Feijão, em Brumadinho (MG). Na noite de segunda (28), eram 279. O número de mortos não foi atualizado desde então – segue em 65.

Eis os números mais recentes divulgadas por Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Polícia Civil a respeito do desastre:

65 mortos;
288 desaparecidos;
192 resgatados;
390 localizados;
135 desabrigados.

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse que o governo federal não vai intervir na direção da Vale enquanto a empresa não for investigada. A possível destituição da diretoria da empresa pode ser discutida “se a investigação mostrar que realmente há problema, dolo, falha”, segundo o ministro.