Bolsonaro concede 1ª entrevista e Moro passa de carrasco de político a protetor de motorista corrupto de deputado

4 de janeiro de 2019 | _
O presidente Jair Bolsonaro (PSL) concedeu nesta quinta  (3) ao telejornal SBT Brasil sua primeira entrevista exclusiva depois de tomar posse no cargo. o presidente comentou sobre as mudanças na idade mínima para a aposentadoria e nos parâmetros para o direito a ter armas em casa foram dois dos principais assuntos da conversa. Outro tema abordado foi o empréstimo a Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), senador eleito e filho do presidente.

Bolsonaro declarou que Queiroz teve o sigilo bancário quebrado ilegalmente para atingi-lo. agora é pra prejudica-lo, com os outros não era. "Pimenta nos olhos dos outros é refresco".

Mas, falando em perseguição, corrupção, justiça e propina, por onde anda aquele conhecido e famoso "carrasco" de políticos corruptos, o ex-juiz e agora ministro da "justiça" Sergio Moro que não se pronuncia sobre o caso Queiroz. Depois de prender o Lula, Moro encerra sua missão no judiciário e partiu agora para comandar a justiça sobre as ordens do Capitão presidente.

Cumprindo ordem do presidente, Moro acato ordens de manter em sigilo absoluto as ações do COAF - onde surgiram as falcatruas de Fabrício Queiroz - sob pena de demissão. E o Juiz "carrasco" de político corrupto achou normalíssima a decisão de Bolsonaro. Logo esse cara pálida que divulgava escutas telefônicas (ilegais da presidência da Republica).

De "carrasco" de políticos corruptos a protetor de motorista corrupto de deputado.

Sergio Moro e os 2 pesos e duas medidas.