Ministro da Educação: Universidade deve ser reservada para a elite diz minsitro de Bolsonaro

28 de janeiro de 2019 | _

O ministro da Educação de Bolsonaro, Ricardo Vélez Rodriguez; disse, com todas as letras, que universidade deve ser reservada para as elites. "As universidades devem ficar reservadas para uma elite intelectual, que não é a mesma elite econômica [do país]", afirmou o sujeito em entrevista ao Valor. E ainda completou: "A ideia de universidade para todos não existe"

Vélez afirmou em entrevista ao jornalista Hugo Passarelli, no Valor Econômico, que não faz sentido um advogado estudar seis anos para ser motorista de Uber: "nada contra o Uber, mas esse cidadão poderia ter evitado perder seis anos estudando legislação". Para o ministro, o "retorno financeiro" dos cursos técnicos é maior e mais imediato do que o da graduação.

O ministro disse que busca um modelo parecido ao de países como a Alemanha. Ele diz que ainda não está em estudo a cobrança de mensalidades em universidades públicas, mas é urgente reequilibrar seus orçamentos. O ministro também defende a redução do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), iniciado por Temer.

E você o que acha?