Sandro PImentel não será diplomado nesta quarta, 19; TRE suspende sua diplomação

18 de dezembro de 2018 | _
A pedido do Ministério Público Eleitoral, justiça determina que político seja impedido de ser diplomado até que o caso, envolvendo supostas irregularidades, seja julgado em definitivo

Em menos de 24 horas, o Rio Grande do Norte tem nesta terça (18) a segunda alteração na cerimônia de diplomação dos eleitos, prevista para a quarta-feira (19). A primeira disse respeito ao deputado estadual Fernando Mineiro (PT), que perdeu a vaga após recontagem de votos. Agora, a mudança se refere ao vereador Sandro Pimentel (PSOL), eleito deputado estadual. A pedido do Ministério Público Eleitoral (MPE), o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) suspendeu a diplomação do político.


A procuradora Cibele Benevides, que assinou o pedido, alegou que houve descumprimento do prazo de entrega dos relatórios financeiros. Ela também apontou como problema uma doação de pessoa física no valor total de R$ 35,3 mil que não foi feita por meio de transferências bancárias. A lei eleitoral determina que acima de R$ 1.064,10 as doações precisam ser feitas por meio de transferência.