Médium de políticos e poderosos, João de Deus é acusado de abusar de mulheres

9 de dezembro de 2018 | _
Médium faz ‘cirurgias espirituais’; João atendeu Dilma, Lula e Barroso

Doze mulheres dizem ter sido sexualmente abusadas pelo médium João de Deus, famoso por realizar “cirurgias espirituais”. O caso foi revelado em entrevistas ao jornal O Globo e ao jornalista Pedro Bial, da TV Globo.

O programa “Conversa com Bial“, que foi ao ar 6ª feira (7.dez.2018), mostrou 4 relatos. São de 3 brasileiras que pediram para não serem identificadas e da

João de Deus mantém o hospital espiritual Casa de Dom Inácio desde 1976 na cidade de Abadiânia (GO), a cerca de 90 km de Brasília (DF). Foi apadrinhado por Chico Xavier (1910-2002), médium mais famoso do Brasil.

Ele já atendeu a milhares de pessoas, entre elas políticos, empresários poderosos e celebridades do Brasil e do mundo. Leia alguns nomes e veja imagens na galeria abaixo: