General Mourão diz que Bolsonaro foi omisso no caso Queiroz

14 de dezembro de 2018 | _
Essa parceria de Bolsonaro e Mourão não tem cara de que deve durar por muito tempo não. O general não tem perfil pra segurar a onda de subordinação ao capitão não. O general Hamilton Mourão, vice presidente do Brasil vai se tornando cada vez mais uma pedra no sapato do presidente Bolsonaro.

A voz crítica e divergente no governo de transição de Bolsonaro de Mourão, já surge como alerta. O vice-presidente eleito atacou mais uma vez o comportamento dúbio do namber one, ao dizer que ele deveria ter falado antes sobre a movimentação bancária do motorista Fabrício Queiroz. O general entende que a omissão de Bolsonaro eleva a pressão sobre o novo governo.

O jornalista Bernardo Mello Franco, do jornal O Globo, destaca a fala literal de Mourão: "ele demorou a falar. Podia ter falado antes. Esperou aumentar a pressão."

Você tem medo de "gopi?"