Futuro ministro de Bolsonaro, Paulo Guedes vai cortar verbas do Sistema S

18 de dezembro de 2018 | _
Em fim um ministro da economia com coragem de tesourar o repasse do governo ao sistema S. Em evento da Federação das Indústrias do Rio, Paulo Guedes, futuro ministro da Economia do governo Bolsonaro disse que quer "horizontalizar os impostos", acabando com isenções e subsídios.

O  ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta segunda (17) que pretende cortar verbas do Sistema S, que deve sofrer redução em torno de 30%, podendo chegar a 50% dos repasses.

— É a contribuição, como vamos pedir o sacrifício do outro sem dar o nosso? — questionou Paulo Guedes diante de uma plateia de empresários na Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), no evento Encerramento das Atividades 2018 e Perspectivas 2019. Também participaram do almoço o prefeito do Rio Marcelo Crivella e o governador eleito do Estado, Wilson Witzel.

O futuro ministro disse que também é necessário fazer uma reforma do Estado e garantir um novo eixo de governabilidade, com a retomada do pacto federativo, e "corrigir a hipertrofia do governo federal".

— Nós queremos recompor o federalismo, descentralizar recursos para os estados e municípios. Levem os recursos, levem as atribuições.