Colostomizado Bolsonaro finge fazer flexões; bom economizar energias pra semana que vem

13 de dezembro de 2018 | _
O presidente eleito bem que pode Jair se acostumando com os repousos recomendados por seus médicos, assim como, disse semana passada quando veio a público o escândalo de corrupção envolvendo 1 assessor de seus filho na ALERJ, arrolado em encrenca de mais de R$ 1,2 milhão, além de repasse de parte desse montante a futura 1ª dama Michele Bolsonaro através de chque de R% 24 mil.

Bolsonaro prestou-se hoje fingir que fazia “flexões de braço” com os jovens agentes da Polícia Federal. É bom que ele guarde todas as energias para os próximos dias, quando Fabrício Queiroz (assessor) de seu filho deputado estadual e senador eleito pelo Rio de Janeiro -- vai de acordo com o “Estadão” prestará depoimento na próxima semana para contar, quem sabe, a “história plausível” que prometeu Flávio Bolsonaro, ex-empregador do amigo do pai.

Foi ridículo o  marketing de Bolsonaro, fingindo fazer flexões com policiais, estando ele com uma bolsa de colostomia.